Um Hacker do Bem usa a tecnologia para mudar o mundo!

O LabHacker do Bem usa a aprendizagem criativa  pautada em experimentar e colocar a “mão na massa”. Aqui aprendemos sobre a cultura maker, robóticaanimações, jogos e programação

Usamos a metodologia da Code Club e da Coder Dojo, duas ONGs globais com a missão de ensinar programação para as crianças ao redor do mundo. A robótica é fruto de uma parceria com a brasileira Br.ino Robótica Educacional.

E aí, bora ser um hacker do bem?

gratuito
JOGOS

No curso de jogos você aprenderá sobre o Scratch, uma plataforma para criação de jogos criada pelo MIT

Acesse: https://scratch.mit.edu

Esses são alguns dos trabalhos que fizemos usando Scratch

https://scratch.mit.edu/users/PJ_P1RES/
https://scratch.mit.edu/users/lordblack17/
https://scratch.mit.edu/users/mainardu/


No curso de desenvolvimento de sites vc apenderá sobre HTML para criar páginas WEB e CSS para deixá-las estilosas

Na última turma criamos sites para os comerciantes do Varjão.

Imagens em breve.

gratuito
SITES
gratuito
SISTEMAS

No curso de desenvolvimento de sistemas vc vai aprender sobre uma das tecnologias mais conhecidas e utilizadas no mercado de trabalho no momento: Python

Durante o curso, nosso alunos usando uma IDE profissional (Visual Studio) criam jogos e programas inteligentes

Durante o curso de empreendedorismo o jovem é estimulado a abrir uma pequena empresa e gerí-la durante aproximadamente 1 mês. Nos baseamos na metodologia da Junior Achievement Brasil (https://www.jabrasil.org.br/) que vem transformando o futuro dos jovens por todo o Brasil

Teve gente por aqui que já pagou viagem, eletrônicos e outras coisas que queriam colocando em prática os conhecimentos desse curso

gratuito
EMPREENDEDORISMO

FAQ

Perguntas mais frequentes

Sim. É gratuito e não há qualquer taxa

Todos os sábados pela manhã das 09:30 às 12h.

Na Casa São José, no Varjão Q 1 – Brasília – DF

Não. Todos os professores são voluntários e abrem mão das suas atividades e família para levar o melhor para os jovens

Sim. Se o aluno faltar mais de 3 vezes consecutivas ou 5 alternadas perderá a vaga